domingo, 17 de agosto de 2008

Só.


Solidão
Faz-me companhia
Vem dormir ao lado
Dia todo, todo dia.

Solidão
Perfume das minhas roupas
Violão de vozes roucas
Dia todo, todo dia.

Solidão
Clemendo por alguém
Algoz anseio de encontrar
Palavras de alegria.

Solidão
Sombra no meu pensar
Penumbra do meu olhar
Dia todo, dia, todo dia.

D'u Carvalho.

Um comentário:

Tânia disse...

muito bonito parabéns
Tânia