quinta-feira, 26 de maio de 2011

Luiz Daniel Até a Eternidade



Com tanta saudade de ti
meu choro será como hino
cantado por mim toda vez
que eu te lembrar, meu primo.

Amo você.
Até a próxima!
-Até!...

D'u Carvalho.

4 comentários:

Antonio de Aruanda disse...

Você é foda, meu primo. Coisa mais linda. Beijo, poeta.

vinicius gonçalves disse...

saudades eterna... amigo de sempre..

Emmerson & Morvan "diferentes porém iguais" disse...

Salve! Salve! A terra é dos bons... O Céu será sempre dos inesquecíveis...

inquietudedoolhar disse...

lindo demais Duh!
olha, a bicicleta já foi consertada. Quero ver qnd vc vai dar uma volta com enzo. rs